Sintomas da Depressão: Conheça aqui

Marque sua consulta com Psicólogo Online

sintomas da depressao
Sintomas da Depressão: Conheça aqui
5 (100%) 1 voto

Muito mais do que estresse e ansiedade. Conheça os sintomas da depressão.

Conhecida hoje como a doença do século, a depressão está entre as doenças mais comuns em pessoas de diferentes idades. No entanto, as pessoas nem sempre buscam saber quais são os principais sintomas da depressão.

Em tempos em que a cada dia mais pessoas se deixam levar pela depressão, é importante conhecer quais são os principais sintomas da doença para você conseguir evitar o avanço dela, seja na sua vida ou de alguma pessoa próxima a você.

Confira esse artigo até o final, para entender corretamente o que é a depressão, suas causas fases e principalmente, os sintomas da depressão, que pode ir muito além do estresse e ansiedade.

Essas duas causas podem ser as mais comuns, mas não são as únicas.

SE PEDISSEM PARA VOCÊ EXPLICAR SOBRE A DEPRESSÃO, O QUE DIRIA?

Quando uma pessoa aparece muito triste e sem um motivo aparente, já vão logo falando que está em depressão.

Mas será que a depressão é apenas uma grande tristeza?

A tristeza pode sim ser considerado como um sintoma, no entanto, não é apenas o único e nem mesmo a principal caracterização desse quadro clínico.

O que acontece na verdade é o desequilíbrio químico dos neurotransmissores, que acabam danificando diferentes partes do organismo humano.

Esse desequilíbrio impacta diretamente, nos níveis de serotonina, por exemplo, hormônio responsável pela alegria na vida de uma pessoa.

QUAL FASE DA DEPRESSÃO, VOCÊ PODE ESTAR?

Em muitos casos também pode ser difícil de entender como, uma doença como essa e conhecida, por vezes como um quadro psicológico, pode ter diferentes fases.

LEIA  Depressão pós-parto: sintomas, causas e tratamentos

Mesmo com muitas pessoas sofrendo com essa doença, a causa única ou o principal gatilho para o aparecimento da mesma, ainda é uma incógnita, o que nos faz entender que a doença pode aparecer em diferentes momentos e por diferentes situações.

A começar pelo nascimento de um bebê.

Não, não é o recém-nascido que terá de enfrentar a doença, mas sim a mãe.

Nos casos de depressão pós-parto a mulher não consegue, ter o ânimo ou a vontade de cuidar do seu bebê muitas vezes até mesmo, para amamentar.

Especialmente nesses casos, é importante não deixar a mulher e o bebê sozinhos e ter sempre alguém por perto, para cuidar dos dois e prestar o auxílio necessário.

Já no caso de crianças um pouco maiores, aí sim são os pequenos que sofrem.

Crianças que apresentam sintomas como:

  • Choro com facilidade;
  • Falta de ânimo;
  • Medo a todo momento;
  • Isolamento constante;
  • Sentimento de culpa.

É preciso buscar auxilio e orientação de um médico especialista, que possa auxiliar a criança nesse momento.

Na fase adulta o estresse e ansiedade, devido a correria de uma rotina agitada especialmente nas grandes metrópoles, pode trazer para a vida de uma pessoa a bipolaridade.

Ora a pessoa está rindo à toa e logo depois, já está em prantos chorando pelos cantos. Isso pode ser sinal do transtorno bipolar, um dos principais sintomas da depressão.

Em diferentes fases da doença, ao menor sintoma que for identificado é preciso buscar auxílio de um especialista e evitar que chegue aos níveis mais profundos de tristeza e solidão, que pode até mesmo levar a pessoa a morte.

LEIA  Comportamento e pensamentos suicidos, como lidar?

CONFIRA OS SINTOMAS DA DEPRESSÃO E BUSQUE AJUDA

Uma pessoa que enfrenta essa doença, pode ser diagnosticada com sintomas físicos, mas também psicológicos.

Não basta apenas dar “bons conselhos” para uma pessoa que enfrenta esta dificuldade, uma vez que não se trata apenas de uma fase passageira.

Este é um problema psicológico que muitas vezes a pessoa não consegue, ter o domínio adequado e por isso, é preciso auxílio de outras pessoas para superar o transtorno.

Veja agora quais são os principais sintomas da depressão e se uma pessoa querida, apresentar dois ou mais desses sintomas, busque auxílio especializado imediatamente.

  • Dores gastrointestinais;
  • Dores abdominais;
  • Falta de apetite ou vontade de comer;
  • Dores de cabeça;
  • Sintomas emocionais;

(Frustrações, medos, inseguranças).

  • Tensão na nuca e nos ombros;
  • Distúrbios do sono;
  • Cansaço;
  • Dores pelo corpo;
  • Anorexia;
  • Bulimia;
  • Baixa imunidade.

Se conhece alguém que pode estar com esses sintomas, busque um médico. Cuide de quem você ama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *