Tripofobia: o que é, sintomas, tem cura?

Marque sua consulta com Psicólogo Online

Tripofobia: o que é, sintomas, tem cura?
5 (100%) 1 voto

O inconsciente trabalha de forma alheia a nossa vontade. Muitas vezes ele transforma coisas inofensivas em verdadeiras perturbações, quase impossíveis de controlar.

Esse é o caso da tripofobia, uma reação que atinge diversas pessoas frente a imagens e objetos que não trazem nenhum perigo eminente, mas que seguem um padrão estético que geram perturbação à mente.

Neste post vamos explicar o que é a tripofobia, suas possíveis causas, e os tratamentos indicados para sua cura. Acompanhe agora!

O que é a tripofobia

A tripofobia é uma condição psicológica em que a pessoa sente medo, algum tipo de aversão ou mal-estar ao ver objetos e imagens com buracos ou padrões irregulares como, por exemplo, favos de mel, esponjas, entre outros.

Essa reação é involuntária, não sendo possível controlar. Isso faz com que, muitas vezes, a pessoa que está sentindo não consiga distinguir um perigo real de um imaginário.

Acredita-se que indivíduos com tripofobia associam, de forma inconsciente, esses padrões a situações de perigo ou doenças.

Umas das possíveis causas da tripofobia é que, muitas vezes, os padrões dos objetos e imagens são semelhantes à pele de animais venenosos como, por exemplo, cobras, o que faz com que se tenha a reação de aversão e fobia.

Sintomas da tripofobia

Cada pessoa reage de uma forma perante a imagem que lhe causa perturbação. Entretanto, os sintomas da tripofobia podem variar desde os mais leves até os mais elevados.

LEIA  O que é Vigorexia: Causas, sintomas e tratamentos

Conheça agora os principais e mais comuns desses sintomas:

  • arrepios;
  • formigamento;
  • desconforto;
  • coceira;
  • tremores;
  • suores;
  • nojo;
  • repulsa;
  • enjôos;
  • choro;
  • aumento dos batimentos cardíacos;
  • crise de pânico devido ao alto nível de ansiedade.

Tratamentos indicados

Não há consequências mais graves para a saúde ou dia a dia de quem sofre com a tripofobia. Porém, como todo transtorno psicológico que traga alguma limitação, o tratamento com um psicólogo é indicado, e há cura para essa condição.

A terapia gradual de exposição é uma das formas mais utilizadas para acabar com a tripofobia. Ela consiste em, de forma gradual, orientada e acompanhada por um psicólogo, a exposição do paciente ao objeto ou imagem fruto de sua fobia.

Essa terapia é como uma maneira de “educar” o cérebro para que ele desassocie o perigo da imagem apresentada. Assim, o paciente aprende a controlar seu medo, mudando a maneira como reage frente aquela situação.

Em casos em que o grau de ansiedade se torna muito elevado, pode haver a necessidade do uso de medicamentos como ansiolíticos ou antidepressivos associados à terapia.

Mesmo que a tripofobia ainda não seja reconhecida pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria como um transtorno mental, sabe-se que ela é uma condição existente e vivida por inúmeras pessoas.

Por isso, se você sente um dos sintomas descritos quando observa imagens ou objetos com buracos ou padrões irregulares, não deixe de buscar ajuda de um psicólogo. Só com a orientação de um profissional é possível controla o medo e curar de vez essa reação.

Redatora e Produtora de Conteúdo Web | Portfólio

LEIA  Psicofobia: O que é

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *