Stress, como aliviar rapidamente

Marque sua consulta com Psicólogo Online

Stress, como aliviar rapidamente
Stress, como aliviar rapidamente
Avalie esse post

Você já desejou que um super-herói pudesse salvá-lo da tensão dos engarrafamentos, reuniões caóticas, discussões com seu cônjuge ou birras de uma criança? Bem, você pode ser o seu próprio super-herói para acabar com o stress. Usando os seus sentidos, você pode aproveitar o poder para reduzir o impacto dele enquanto está acontecendo e permanecer no controle quando a pressão aumenta. Como qualquer habilidade, aprender como aliviar o stress no momento leva tempo, experimentação e prática – mas a recompensa é enorme. Quando você saber como aliviar rapidamente este sentimento, você pode ficar calmo, produtivo e focado, não importa o que a vida lhe cause.

Qual é o caminho mais rápido para aliviar o stress?

Existem inúmeras técnicas para gerencia-lo. Yoga, meditação mindfulness e exercício são apenas alguns exemplos de atividades para aliviar este sentimento, e que fazem maravilhas. Mas no calor do momento, durante uma entrevista de trabalho altamente pressionada, por exemplo, ou um desacordo com seu cônjuge, você não pode simplesmente se desculpar para meditar ou fazer uma longa caminhada. Nessas situações, você precisa de algo mais imediato e acessível.

Uma das maneiras mais rápidas e confiáveis ​​de eliminar o stress é engajar um ou mais dos seus sentidos – visão, audição, paladar, olfato, tato – ou através do movimento. Mas como todos são diferentes, você precisará fazer algumas experiências para descobrir qual técnica funciona melhor para você.

Dica 1: Reconheça quando você está estressado

Pode parecer óbvio que você sabe quando está estressado, mas muitos de nós gastamos tanto tempo em um estado desgastado que esquecemos como é quando nossos sistemas nervosos estão em equilíbrio: quando ainda estamos calmos ainda alerta e focado. Se este é você, você pode reconhecer quando está estressado ouvindo seu corpo. Quando você está cansado, seus olhos ficam pesados ​​e você pode descansar a cabeça na sua mão. Quando você está feliz, você ri com facilidade. E quando você está estressado, seu corpo permite que você saiba disso também. Adquira o hábito de prestar atenção às pistas do seu corpo.

Observe seus músculos e interiores. Seus músculos estão tensos ou doloridos? Seu estômago está apertado ou dolorido? Suas mãos ou mandíbula estão cerrados?

Observe sua respiração. A sua respiração é superficial? Coloque uma mão na barriga e a outra no peito. Observe suas mãos subirem e descerem a cada respiração. Observe quando você respira completamente ou quando “esquece” de respirar.

Dica 2: identifique sua resposta ao estresse

Internamente, todos nós respondemos da mesma forma à resposta de estresse “lutar ou fugir”: sua pressão sanguínea sobe, seu coração bombeia mais rápido e seus músculos se contraem. Seu corpo trabalha duro e drena seu sistema imunológico. Externamente, no entanto, as pessoas respondem ao estresse de maneiras diferentes.

A melhor maneira de aliviar o estresse geralmente está relacionada à sua resposta específica a ele:

Resposta ao estresse superexcitado:  Se você tende a ficar com raiva, agitado, excessivamente emocional ou estressado, você responderá melhor às atividades de alívio do estresse que o acalmam.

Resposta de estresse subexcitada: Se você tende a ficar deprimido, retraído ou com distúrbios, você responderá melhor às atividades de alívio do estresse que são estimulantes e energizantes.

Dica 3: Traga seus sentidos para o resgate

Para usar seus sentidos para aliviar rapidamente o estresse, primeiro você precisa identificar as experiências sensoriais que funcionam melhor para você. Isso pode exigir alguma experimentação. Ao empregar diferentes sentidos, observe a rapidez com que seus níveis de estresse diminuem. E seja o mais preciso possível. Qual é o tipo específico de som ou tipo de movimento que mais afeta você? Por exemplo, se você é um amante de música, ouça muitos artistas e tipos diferentes de música até encontrar a música que instantaneamente a levanta e relaxa.

Explore uma variedade de experiências sensoriais para que, não importa onde você esteja, você sempre tenha uma ferramenta para aliviar o estresse.

Dica 4: Encontre inspiração sensorial

Tendo problemas para identificar técnicas sensoriais que funcionam para você? Procure inspiração em torno de você!

Recordações. Pense de novo no que você fez quando criança para se acalmar. Se você tivesse um cobertor ou brinquedo de pelúcia, você pode se beneficiar de estimulação tátil. Tente amarrar um lenço texturizado no pescoço antes de marcar uma consulta ou manter um pedaço de camurça macia no bolso.

Assista aos outros. Observar como os outros lidam com o estresse pode lhe dar informações valiosas. Jogadores de beisebol costumam chiclete antes de subir para jogar. Cantores frequentemente conversam com a platéia antes de se apresentar. Pergunte às pessoas que você sabe como elas permanecem focadas sob pressão.

Pais. Pense no que seus pais fizeram para desabafar. Sua mãe se sentiu mais relaxada depois de uma longa caminhada? Seu pai trabalhou no quintal depois de um dia difícil?

O poder da imaginação. Uma vez usando sua caixa de ferramentas sensorial, torna-se um hábito, tente simplesmente imaginar sensações vívidas quando o estresse ataca. A memória do rosto do seu bebê terá os mesmos efeitos calmantes ou energizantes em seu cérebro do que ver sua foto. Quando você se lembra de uma sensação forte, você nunca ficará sem uma ferramenta rápida de alívio do estresse.

Faça uma pausa na tecnologia

Tirar um curto intervalo da televisão, do computador e do celular lhe dará uma ideia do que seus sentidos respondem melhor.

  • Tente sintonizar música relaxante em vez de falar no celular durante seu trajeto. Ou tente andar em silêncio por 10 minutos.
  • Preso em uma longa fila na mercearia? Em vez de falar ao telefone, reserve um momento para as pessoas assistirem. Preste atenção ao que você ouve e vê.
  • Em vez de verificar e-mails enquanto aguarda uma reunião, respire profundamente algumas vezes, olhe pela janela ou tome um chá.
  • Enquanto espera por um compromisso, resista à vontade de enviar um texto e faça uma massagem manual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *