Já parou pra ouvir?

Marque sua consulta com Psicólogo Online

Já parou pra ouvir?
4.6 (92.5%) 8 votos

Entenda, nem todo mundo tem a habilidade e a expressão verbal pra dizer com todas vogais e consoantes esta frase.

Nossos comportamentos podem estar dizendo o que sentimos… Com um olhar apaixonado, um carinho, um beijo ou o desejo sexual, por exemplo. Ou mesmo através de situações simples do dia a dia, que muitas vezes não damos atenção, como quando o outro abre mão de algo que havia planejado para te acompanhar, quando te apoia na realização dos seus sonhos e comemora junto todas as suas conquistas, quando faz planos com você ou te envolve nos próprios projetos de vida, quando tenta te mostrar outros caminhos que possam te fazer mais feliz, ao te surpreender com uma refeição deliciosa feita com tanto carinho, quando oferece seu colo naquele dia que em que está precisando ou quando se prontifica a resolver questões de ordem prática simplesmente para te ajudar.
Seja mais atento, esqueça o senso comum! Pare de olhar para “grama do vizinho”, e preserve o que te faz bem.
Cuide, protega, e não desvaloriza, não deixe pra enxergar estes fatos quando você simplesmente perder e não ter mais acesso para mostrar o quão bom era estar ao lado.
SEJA GRATO (A)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *