Ataques de Pânico e Síndrome do Pânico

Marque sua consulta com Psicólogo Online

ataques de pânico
Ataques de Pânico e Síndrome do Pânico
5 (100%) 2 votos

Ataques de pânico são episódios repentinos de medo intenso que desencadeia reações físicas severas quando não há um perigo real ou causa aparente. Ataques de pânico podem ser muito assustador. Quando ocorrem, você talvez pense que está perdendo o controle, tendo ataque de coração ou até mesmo morrendo.

Muitas pessoas têm apenas um ou dois ataques de pânico em suas vidas, e os problemas acabam desaparecendo, quando as situações estressoras chegam ao fim. Mas se você tem tido recorrência, ataques de pânico inesperados e passa longos períodos com medo constante de um outro ataque, você possivelmente tenha uma condição chamada Síndrome do Pânico.

Apesar de ataques de pânico não representarem risco a vida, eles podem ser assustadores e afetarem significativamente sua qualidade de vida. Mas o tratamento pode ser muito efetivo.

Conteúdos

(Ataques de Pânico) Sintomas

O ataque de pânico tipicamente se inicia de repente, sem aviso. Ele pode surgir em qualquer hora – quando você está dirigindo um carro, no shopping, em sono profundo ou em meio a uma reunião de negócios. Você pode ter um ataque de pânico de forma ocasional, ou ele pode ocorrer com frequência.

LEIA  Sindrome de Borderline: o que é, sintomas, tratamento

Ataques de pânico tem muitas variações, mas os sintomas geralmente atingem o pico em minutos. Você pode se sentir fatigado e esgotado após um ataque de pânico desaparecer.

Os sinais ou sintomas de ataques de pânico incluem tipicamente:

– Sentir um perigo ou acontecimento ruim iminente;

– Medo de morte ou de perder o controle;

– Batimento cardíaco acelerado;

– Suor;

– Tremor;

– Falta de ar ou aperto na garganta;

– Arrepios;

– Ondas de calor;

– Náuseas;

– Cólica abdominal;

– Dor no peito;

– Dor de cabeça;

– Vertigem, desmaio;

– Dormência ou sensação de formigamento;

– Sentimento de irrealidade

Uma das piores coisas sobre um ataque de pânico é o medo intenso que você tem de ter outro. Você pode ter tanto medo que evitará certas situações nas quais ele possa ocorrer.

Quando procurar tratamento

Se você apresenta sintomas de ataque de pânico, procure ajuda assim que possível. Apesar de não ser perigoso, os ataques são muito desconfortáveis. Bastante, difíceis de serem de serem geridos por conta própria e eles podem piorar sem tratamento medicamentoso ou psicológico adequado.

Os sintomas de ataques de pânico também podem ser semelhantes aos sintomas de outros problemas sérios de saúde, como um ataque de coração. Por isso é importante ser avaliado rapidamente se você não tem certeza do que está causando seus sintomas.

Causas do ataque de pânico

Não se sabe o que causa ataques de pânico ou transtorno do pânico, mas esses fatores abaixo podem ter influência:

– Genética;

– Estresse;

– Temperamento mais sensível ao estresse e propenso a emoções negativas;

– Mudança na forma como partes do seu cérebro funciona;

Ataques de pânico podem vir repentinamente e sem aviso a princípio, mas com o tempo eles podem geralmente ser desencadeados por certas situações.

Algumas pesquisas sugerem que a reposta natural de luta ou fuga do seu corpo está envolvida em ataques de pânico. Por exemplo, se um animal perigoso for atrás de você, seu corpo reagiria institivamente. Seu batimento cardíaco e sua respiração acelerariam, assim como seu corpo se prepararia para uma situação de vida ou morte. Muitas das mesmas reações ocorrem em um ataque de pânico. Mas é desconhecido ele ocorre quando não há, obviamente, nenhum perigo presente.

(Síndrome do Pânico) Fatores de Risco

Sintomas de síndrome do pânico frequentemente se iniciam no final da adolescência ou no início da vida adulta e afetam mais mulheres que homens.

LEIA  Psicofobia: O que é

Fatores que podem aumentar o risco de desenvolver ataques de pânico ou síndrome do pânico incluem:

– Histórico familiar de ataques de pânico ou síndrome do pânico;

– Grande estresse na vida, como a morte ou doença grave de um ente querido;

– Um evento traumático, como um estupro ou um acidente grave;

– Mudanças grandes na vida, como um divórcio ou nascimento de uma criança;

– Fumar ou ingestão excessiva de cafeína;

– Histórico de abuso físico ou sexual na infância;

(Ataque de Pânico) Complicações

Sem tratamento, ataques de pânico e transtorno do pânico pode afetar praticamente todas as áreas da sua vida. Você pode ter tanto medo de ter novos ataques que você vive constantemente com medo, minando sua qualidade de vida.

As complicações que o ataque de pânico pode causar ou estar relacionado incluem:

– Desenvolvimento de fobias específicas, como o medo de dirigir ou sair de casa;

– Evitar situações sociais;

– Problemas no trabalho ou estudo;

– Depressão, transtornos de ansiedade e outros transtornos psiquiátricos;

– Aumento do risco de suicídio ou pensamentos suicidas;

– Uso indevido de álcool ou outras substâncias;

– Problemas financeiros

Para algumas pessoas, transtorno de pânico inclui agorafobia – evitar lugares ou situações que causem ansiedade porque existe o medo de ser incapaz de escapar ou obter ajuda se ocorrer um ataque de pânico. Ou você pode se tornar dependente de outros para estar com você no caso de sair de casa.

(Transtorno de Pânico) Prevenção

Não há certeza na forma como prevenir ataques de pânico ou transtorno de pânico. De qualquer maneira, há recomendações que podem ajudar.

– Busque tratamento para ataques de pânico assim que possível para ajudar a impedi-los de ficar pior ou se tornar mais frequente;

– Siga o seu plano de tratamento para ajudar a prevenir recaídas ou agravamento dos sintomas de ataque de pânico.

– Tenha atividade física regular, que pode ajudar na proteção contra a ansiedade

Experiência em psicologia clínica com crianças, adolescentes e adultos, atendimento individual, atendimento à criança com câncer e familiares, atuação em psicologia na atenção básica da saúde e escolar.

Criadora dos aplicativos Diário do Psique (Play Store e App Store) e Pense Saudável (app de emagrecimento), com mais de 100 mil downloads.

Realizo atendimento como psicólogo online e também sou Voluntária do projeto Colheita do amor, organização voltada para contribuir a melhoria e qualidade de vida de pacientes portadores de Câncer. Psicóloga da AAPC (Associação de Apoia a Pessoa com Câncer), localizado na cidade de Feira de Santana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *